Студопедия

Главная страница Случайная страница

КАТЕГОРИИ:

АвтомобилиАстрономияБиологияГеографияДом и садДругие языкиДругоеИнформатикаИсторияКультураЛитератураЛогикаМатематикаМедицинаМеталлургияМеханикаОбразованиеОхрана трудаПедагогикаПолитикаПравоПсихологияРелигияРиторикаСоциологияСпортСтроительствоТехнологияТуризмФизикаФилософияФинансыХимияЧерчениеЭкологияЭкономикаЭлектроника






Dizia a velhinha para seu filho.






- Vi até um rato, um rato.

- Detetizar é muito caro mãe, pode deixar que eu cuido disso, vou matar o rato.

- Está bem mas lembre-se o barato sai caro, quando você vai matar o rato?

- Amanhã mesmo vou comprar umas armadilhas e veneno, esse camundongo não vai ter chance.

O rato viu e ouviu e começou a rir falando:

- Esse gordo ai, não vai dar em nada...

No outro dia logo pela manhã o rapaz tomava café da manhã na cozinha e o rato sentindo o cheiro de comida foi se esmerando pelos cantos até chegar o cozinha para comer as migalhas de pão que estavam no chão.

O gordo de soslaio viu algo se mexendo se virou de repente e fixou os olhos no rato, que em estado de choque ficou parado por alguns instantes e começou a correr o jovem foi atrás jogando chinelo e dando fortes pisadas o rato entrou atrás do sofá, o garotão levantou o sofá com uma das mãos olhou bem para o rato e disse:

- Vou te matar!

O rato correu o mais que pode entrou dentro do armário, o rapaz de guarda-chuva em punho enfiava a haste do guarda-chuva dentro do armário, o rato lá dentro dava saltos.

O gordo começou a cansar e disse:

- Depois te pego, pôs sapatos e saiu de casa.

Passadas duas horas o rapaz voltou para casa e com um saco de supermercado na mão foi até a varanda e começou a tirar de dentro do saco ratoeiras que foi colocando estrategicamente pela casa, com pequenos pedaços de queijo em cada uma.

Passou veneno em pó nas frestas, o rato via tudo debaixo de um monte de roupa sem entender muito bem e curioso depois que o rapaz saiu, foi em direção a uma das ratoeiras movido pelo cheiro de queijo.

Chegando perto de uma das armadilhas que estavam de baixo da tabua de passar roupa, quando ouviu passos era a velha com um cesto roupas para passar na mão o rato assustado se escondeu, vendo a velha passar as roupas, mas motivado pelo pedaço de queijo que via em baixo da tabua de passar roupa, foi bem de mansinho, a velha passava roupa em cima e o rato em baixo da tabua de passar, dava voltas em torno da ratoeira sentindo o cheiro de queijo, quando ele chegou bem perto com o seu focinho e ia abocanhar o queijo a velha o viu e jogou o ferro de passar roupa em cima dele, ela errou acertando a ratoeira que se ativou e fez um ruído forte, com o queijo saltando para um dos lados, o rato viu a ratoeira agora desarmada e o estrago que ela poderia ter feito tudo numa fração de segundos, pois a velha estava dizendo impropérios, o rato pegou o queijo solto e foi para de baixo do guarda-roupa, o rapaz veio, falando:

- O que houve, o que houve.

A coroa que estava furiosa foi dizendo:

- Não está vendo é o rato e já está do tamanho de uma ratazana.

- Como é você não ia dar um fim nele?



mylektsii.su - Мои Лекции - 2015-2021 год. (0.015 сек.)Все материалы представленные на сайте исключительно с целью ознакомления читателями и не преследуют коммерческих целей или нарушение авторских прав Пожаловаться на материал